Marketing Digital

O que é um site e para que serve?

  • Por: Carlos Alberto Bezerra Filho
  • - Postado em 30 de setembro de 2016

para-que-serve-o-seo_capaO termo “site” ou “website” é derivado da língua inglesa, aportuguesado e faz referência à uma página, ou agrupamento de páginas relacionadas entre si, permitindo acesso através da internet utilizando um determinado endereço, como exemplo "www.maiscode.com.br".

É possível encontrar a expressão sítio ou sítio eletrônico – tradução para o português da palavra inglesa – de comum utilização pelos irmãos lusitanos da Europa.

Existe uma grande diversidade de tipos de sites com finalidades distintas na internet, porém o padrão é o mesmo, todos possuem textos, imagens, vídeos ou animações digitais e podem ser visualizadas por navegares, como o Edge ou Chrome.

A diferença encontrada entre os tipos diz respeito à interação com o usuário, identificando como estático – exibe apenas conteúdo como texto e imagem sem permitir nenhum tipo de interação, e dinâmico – fornece interação com o usuário através de linguagens de programação.

Entretanto, para que serve um site?

Nos primórdios da internet no Brasil e mundo, um site era considerado luxo – algo que não era necessário, um gasto – tendo em vista que a internet não era tão disseminada, logo o alcance do site não justificaria a despesa pelo volume de acessos que ele traria.

Atualmente, possuir um site é algo indispensável, já que o custo para conectar-se à internet reduziu e a acessibilidade aumentou, permitindo acesso em qualquer local e na maioria dos dispositivos -  computadores, laptops, tabletes, smartphones, relógios, entre outros – desta forma, ter um site deixou de ser um luxo e passou a ser necessidade.

Ok, entendemos a sua importância, mas para que serve um site?

Para pontuar, é necessário identificar alguns tipos de sites que existem, como citado anteriormente:

  • Publicações de Informações

São sites de caráter informativo, como revistas, jornais, agências de notícias e demais empresas que desejam veicular algum tipo de informação online.

Podem ser enquadrados ainda, os sites de jornalistas independentes, pessoas comuns e qualquer indivíduo que deseja disseminar alguma informação na internet, através de textos, podcasts e outros.

  • Institucional

Um site institucional é tão importante quanto o cartão de visita ou a fachada da empresa. Ele apresenta a instituição, a marca, o objetivo, como o negócio deseja ser visto, transmite credibilidade e segurança.

Qualquer organização, grande ou pequena, que inicia ou já tem vivência digital, adquire visibilidade através deste tipo, possibilitando a entrada para diversos clientes.

  • Catálogo Eletrônico

O site pode contemplar, apenas, um catálogo de produtos ou serviços oferecidos pela empresa, disponível 24h e permitindo acesso de qualquer lugar do mundo, com a possibilidade de integrar um sistema de pedidos ou orçamentos, enriquecendo ainda mais a atividade.

  • Loja Virtual

Como o próprio nome diz, a Loja Virtual garante que qualquer pessoa que acesse ao site efetue compras e pagamentos online. Assegurando a escolha do tipo do frete, o cálculo do valor do frete, o tempo estimado para entrega, diversas formas de pagamento em tempo real para o cliente.

Para a empresa, é proporcionado o controle do estoque, relatórios de vendas para estimativas de produção de novo produtos, além de diversas informações estratégicas para o negócio.

Além destes exemplos, apresentam-se outras modalidades de sites, como: redes sociais, relacionamentos, transmissão de vídeos ou músicas, downloads de softwares de imagens, sistemas de automação de empresas, colaboração, produtividade, discussões (fóruns), etc.

Um site deve responder perguntas simples, como: Quem é você? O que você faz? Como você trabalha? Qual o seu diferencial? Estas respostas precisam ser bem elaboradas, pois irão revelar seu posicionamento no mercado para o público-alvo.

Também têm que construir sua imagem e reputação, se estiver entrando no mundo digital, ou manter esta imagem e reputação, no caso de já existir lá. Para isto, é necessário contar com um bom conteúdo publicado no site, bem formatado e escrito, contribuindo no fortalecimento da marca.

Uma boa reputação não gera automaticamente uma venda, uma boa imagem não gera um negócio ou um seguidor fã. Pode até deixar alguém interessado, porém, sozinho não irá agregar o valor esperado. Você precisa guiar o visitante para esta transição. Este é um dos papéis do seu site.

Agora que a presença online já está concluída, o que é preciso fazer para gerar acessos? Espalhar outdoors? Não. Existem estratégias que precisam ser adotadas, como marketing em mídias sociais e ranqueamento em buscadores, otimizações através de SEO, entre outras opções. Isso é outro tema que será abordado em outra oportunidade.

Com o site disponível, entendemos que o objetivo final deve ser: captar clientes para gerar vendas, fornecer a divulgação das notícias e informações, das transmissões de vídeo e áudio, ou seja, o site precisa dar visibilidade ao seu dono, entidade ou empresa.